segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

A todos vocês desejo um Super Feliz Natal!
Que Nesta data tão querida, possamos dividir com todos que amamos cada pedaço do nosso coração. É tempo de renovação, tempo de glória, amor, paz, solidariedade, respeito, brincadeiras e presentes.
O maior presente que podemos ter são as pessoas. SIM... As pessoas que nos fazem sentirmos melhores quando estamos tristes, essas pessoas que nos acolhem em seus corações, essas mesmas que dividem conosco os momentos de triunfos e fracassos.
Quem não gosta de se sentir amado? E de um abraço sincero? Tenha junto de você, pessoas que lhe deem segurança, que confiem em você e acima de tudo.. Que quando te verem mal, te deem a mão e ajudem você a se levantar.
A forma mais bonita da vida, está na cumplicidade, na vontade de ser melhor e fazer o melhor ao próximo. Pois é neles que Deus se faz presente. Repare, as árvores que dão frutos, são as que são bem cuidadas! Irradie Esperança!!

(Vitor Ávila)
Montando a árvore de natal, podemos ver em cada bola um remontar, em cada adereço uma esperança, em cada lâmpada um caminho novo a seguir renovando as esperanças, e na estrela do alto um guia em novos caminhos. Essa árvore, por mais que seja bela, se vista por este ângulo, estará ainda mais bela por sua missão.

(Jean Carlos Sestrem)

Um Feliz Natal a Todos !
Aos amigos , seguidores , leitores , a todos sem exceção ,
Um Natal com muito amor no coração !
luara .

domingo, 24 de novembro de 2013

MULHER

MULHER...

Talvez a verdadeira excitação esteja...hoje...em ver uma mulher se despir de verdade...emocionalmente.
Nudez pode ter um significado diferente.
Muito mais intenso é assistir a uma mulher desabotoar suas fantasias...suas dores...sua história.
É erótico ver uma mulher que sorri...que chora...que vacila...que fica linda sendo sincera...
que fica uma delícia sendo divertida... que deixa qualquer um maluco sendo inteligente.
Uma mulher que diz o que pensa...o que sente e o que pretende...sem meias-verdades...sem esconder seus pequenos defeitos .
Aliás...deveríamos nos orgulhar de nossas falhas...é o que nos torna humanas...e não bonecas de porcelana.
Arrebatador é assistir ao desnudamento de uma mulher , em quem sempre se poderá confiar...mesmo que vire ex...mesmo que saiba demais.
Não é fácil tirar a roupa e ficar pendurada numa banca de jornal mas...difícil por difícil...
também é complicado abrir mão de pudores verbais...expôr nossos segredos e insanidades...
revelar nosso interior.
Mas é o que devemos continuar fazendo.
Despir nossa alma e mostrar pra valer quem somos...o que trazemos por dentro.
Não conheço strip-tease mais sedutor.
(Carla Toscano)

domingo, 10 de novembro de 2013

A gente não se liberta de um hábito atirando-o pela janela: é preciso fazê-lo descer a escada, degrau por degrau. (Mark Twain)

Fim de estrada , página virada...
Sem mágoas , sem dores...sem vontade , sem saudade...
Sem peso , sem dúvidas ...
Nada restou...
Alma finalmente liberta !
Encerra-se uma história , para outra começar a ser escrita .


Fim !

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Semeando futuros

Para muito além do olhar distante...muito além do pensar e refletir ...além do sentir ...
Pairando num voo solo , em meio ao desejo e a fantasia...
 Observando a realidade vazia de sonhos... 
 Vislumbrando ao próprio despertar , pulsando entre as folhas secas...
Começando a desenraizar...a caminhar... criando asas ...
Semeando futuros...plantando sonhos ...
Colhendo a vida que renasce de dentro de si .   
luara .

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

A Dama do Lotação - abertura

Pecado Original 
(Caetano Veloso)
Todo dia, toda a noite, 
toda hora, 
toda madrugada, 
momento e manhã
Todo mundo, 
todos os segundos do minuto vive a eternidade da maçã
Tempo da serpente, nossa irmã
Sonho de ter uma vida sã
Quando a gente volta o rosto para o céu e diz
olhos nos olhos da imensidão
Eu não sou cachorro não
A gente não sabe o lugar certo onde colocar o desejo
Todo beijo, todo medo, todo corpo em movimento 
está cheio de inferno e céu
Todo santo, todo canto, todo pranto, 
todo manto está cheio de inferno e céu
O que fazer com o Deus nos deu
O que foi que nos aconteceu
Quando a gente volta o rosto para o céu e diz
olhos nos olhos da imensidão 
Eu não sou cachorro não
A gente não sabe o lugar certo onde colocar o desejo
Todo homem, todo lobisomem sabe a imensidão da fome 
que tem de viver
Todo homem sabe que essa fome é mesmo grande, 
até maior que o medo de morrer
Mas a gente nunca sabe mesmo 
o que é que quer uma mulher.
(Fonte : http://www.vagalume.com.br/caetano-veloso/pecado-original)




A Dama do Lotação


A dama do lotação , minha inspiração exibicionista !

Compartilhando aqui um filme que assisti há muito tempo e acredito que muitos dos não tão jovens já o tenham assistido também . Assisti , na época , com olhos bem inocentes , superficiais , desinteressados mesmo...talvez ainda criança , sem malícia .
Mas as crianças crescem , então , voltei a assisti-lo recentemente , dessa vez com um olhar nada inocente e mais observador .

O filme em si não é grande coisa , é focado mais na nudez , nas encochadas nos ônibus e cenas de sexo . Fora isso , ele aborda os desentendimentos com os desejos sexuais vivenciados pelo casal . O filme é antigo , cheio de tabus muito comuns àquela época ,eles ficam evidentes nos diálogos da protagonista com seu analista e entre seu esposo com o pai .
Ironicamente , a dama do lotação satisfaz seus desejos sexuais em todos os cantos da Cidade Maravilhosa , menos no ônibus. Que desperdício rs ! Os cenários variavam de praia à cachoeira , de obra abandonada a cemitério , de motel a matagal . O lotação serve apenas para ela capturar suas "vítimas".

Com exceção do cemitério , nada contra os cenários em que ela se divertiu .
Bom , ainda que tendo quem goste de praticar  , a tal da encochada é puro abuso , é violência sexual , é crime quando praticada de forma não consensual !

luah negra


Sinopse 
Carlos (Nuno Leal Maia) e Solange (Sônia Braga) se amam desde jovens e, após um casto namoro, se casaram. Na noite de núpcias, Solange se recusa a fazer amor com ele. Primeiro ele implora, então em um acesso de raiva a estupra. Solange afirma que o adora, mas nos meses que se seguiram ao casamento ela não pode ser tocada por Carlos. Para provar a si mesma que não é frígida, começa uma rotina diária de seduzir homens em coletivos, homens que ela nunca viu nem verá novamente e nem mesmo sabe seus nomes. Além disso, ela tem relações com o melhor amigo de Carlos e até mesmo com seu sogro (Jorge Dória). Enquanto isso, ela busca ajuda psiquiátrica, pois não sente nenhum remorso.

Informações:
A Dama do Lotação é um filme brasileiro de 1978 do gênero drama erótico, dirigido por Neville de Almeida em 1978. De uma história de Nélson Rodrigues. O filme é a quarta maior bilheteria da história do cinema brasileiro, com 6 508 182 espectadores. 
Data de lançamento: 1978 (Brasil)
Direção: Neville de Almeida
Duração: 90 minutos
Música composta por: Caetano Veloso
Roteiro: Nelson Rodrigues, Neville de Almeida
(Fonte: Wikipédia)



sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Sol de Primavera

DEPOIS
Depois da tempestade, a bonança. Depois da chuva, o sol. Depois do inverno, a primavera. 
É bom acreditar e esperar um depois que há de vir carregado de esperanças. Um amanhã que se espera mesmo por toda a vida. 
Acreditar que a tormenta passará. Que se abrirá um céu azul cheio de paz... Acreditar que após uma noite escura de vigílias, há de nascer um dia lindo, brilhante e promissor. 
Depois da lágrima chorada na despedida, o regresso há de colorir de sorrisos a saudade.
Depois da briga, a reconciliação. Depois do ódio, o perdão. Depois da batalha perdida, uma nova luta. Depois da queda, um novo passo. Depois do barulho, o silêncio. 
Acreditar num depois faz o homem caminhar. Mesmo cansado, mesmo desiludido. Grande é o homem que não se deixa abater pelas tormentas do dia. Feliz o homem que acredita, mesmo decepcionado. 
Uns caminham machucando e outros machucados. Em meio a tanta mentira, há os que acreditam. Em meio a tanta covardia, há os que enfrentam as derrotas sem esmorecimento. Depois dos campos queimados, a volta do verde. 
Nas árvores despidas, a nova folhagem e o matriz das flores. Tudo se renova quando se acredita no caminho, no objetivo e naquilo que se propõe a fazer. O melhor depois, é quando se tem a consciência de um dever cumprido com responsabilidade e amor. 

( Ana Cintia Souza Gomes)

Be happy

Meninas, pra cozinha !!!
A receita de hoje é...felicidade !
Para prepará-la , precisaremos dos seguintes ingredientes :
-Muito amor 
-Bastante carinho 
-Altas doses de boa vontade
-Não pode faltar atenção
-Compreensão 
-Paciência
-O ingrediente principal é o desejo de ser feliz 
-E temperos a gosto

Modo de preparo :
Junte esses , entre outros ingredientes que colaboram para a felicidade e tempere , depois convide quem você gosta e compartilhe de bons momentos com essa pessoa . E está pronta a receita , simples assim ! 
Rendimento :
O rendimento é sempre o suficiente pra te deixar de bem com a vida .
O truque é fazer da felicidade sempre o prato do dia . Ela pode ser saboreada como o prato principal , pode ser degustada como acompanhamento ou ser devorada como a melhor , a mais doce e leve das sobremesas que se tenha provado . E o melhor é que não engorda !
Benefícios :
Doses diárias de felicidades melhoram a circulação sanguínea , melhora a auto estima , faz bem pra pele , reforça as defesas do organismo , contribui para a perda de peso , enfim , faz bem pro corpo , pra mente , pra alma e pro coração .
Vale abusar dessa bebida ...overdoses  são permitidas , embriagar-se também , de preferência mergulhando nela ...
Vale se afogar nela ? Bem , isso fica ao gosto de cada um ...morrer de felicidade é algo que ainda não experimentei , não literalmente rs ... de qualquer forma , o importante é ser feliz !
Adaptações :
Ta difícil tê-la como prato principal , não ta dando pra se lambuzar toda nela , a ração anda escassa ? É , isso acontece as vezes , nem sempre temos ingredientes suficientes para preparar o prato , mas isso não é razão para tristeza .
A receita pode ser adaptada ... vá até a despensa , escolha os ingredientes que mais gosta e faça o melhor que puder com o eles , depois procure dentro de si o que houver de felicidade e salpique sobre o prato que preparou e pronto ! Essa não é uma refeição completa e nem tão saborosa quanto a original , mas fornece alguma energia até que venha o prato principal .
Na natureza os animais costumam fazer reserva de alimento , eles comem além do necessário porque não sabem quando terão outra refeição .
Então , quando aquilo que faz feliz surgir na sua frente , não pense duas vezes , pule em cima , caia de boca , empanturre-se sem pensar em nada , apenas devore o momento !!

Dica :
Não esqueça de dar seu toque pessoal ao prato , isso faz toda diferença .Varie os ingredientes , experimente novos temperos ,  crie novos sabores , ouse nas combinações sem medo de errar, o interessante é tentar algo novo sempre .
E o mais importante ; não cozinhe a felicidade em banho-maria , esse processo pode fazer com que ela desande , tornando o prato pouco consistente e nada saboroso .
Considerações :
Felicidade é momento , é estado de espírito , é fazer o que gosta , é estar onde e com quem se gosta, é estar bem consigo mesmo...é se entregar à vida e aos seus prazeres...é um pouco de tudo , mas é , principalmente se permitir ser feliz .
O segredo da felicidade é o modo como cada um se relaciona com ela e com o que o cerca .
Ser feliz depende mais de cada um de que dos outros , mas , como não vivemos numa bolha , somos afetados pelo que nos cerca de alguma forma .
Assim como a felicidade , a tristeza também pode ser contagiante , mas , ela afeta mais a quem não sabe ser feliz , a quem se deixa abater facilmente pelas perdas e dificuldades da vida .
Ainda que ninguém vive em estado permanente de felicidade , é bem melhor estar cercado de pessoas alegres , de que das tristes .
Mas tem gosto pra tudo , e há quem se incomode com a felicidade alheia e prefira se alimentar da tristeza do próximo .  
Ainda que a maioria de nós esteja sempre em busca de felicidade , nem todo mundo se permite ser feliz ...
Tem quem faça da ausência de felicidade um verdadeiro status ...elas não são tristes , nem mal humoradas , mas ostentam sempre o mesmo status ; ausente de felicidade !
Bem , algumas das verdades da vida é que tudo é passageiro e que tudo tem seu preço , com a felicidade não é diferente , além de fugaz , ela tem seu preço e não é sempre que se está disposto a pagar por ela .
Qual seria o preço a ser pago pela felicidade ? Seria a cobrança , o julgamento , o medo de perdê-la ? Será que deveríamos mantê-la dobradinha enfiada numa gaveta para que ninguém a veja e não tente tirá-la ?
Eu não conseguiria sair e deixar minha felicidade trancada em casa , assim como todas as minhas emoções e sentimentos , ela me acompanha por aonde quer que eu vá . E não se trata de sair gritando aos sete ventos ; 'estou feliz , estou feliz !!' Afinal , se tenho tesão , ele me acompanha , mas , nem por isso preciso gritar pro mundo que me encontro nesse estado , (se bem que às vezes dá vontade de gritar , sim rs) não precisa dizer , basta deixar fluir e compartilhar com os seus .
Eu quero mais é ser feliz e trazer a felicidade estampada no brilho dos meus olhos !
Fixar-se mais nos benefícios e menos nos custos é uma saída .
Felicidade contagia , seja feliz !!!!
luara .

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Marcas definitivas

A modificação corporal (body modification) é a alteração deliberada e permanente do corpo humano por razões não médicas. Consiste em qualquer alteração realizada em qualquer parte do corpo, com o intuito de diferenciar o indivíduo de outros. Geralmente atrelada a demonstração de coragem, proteção ou algum rito de passagem, como por exemplo, para a idade adulta.As práticas de modificação corporal existem há milhares de anos, atualmente também é tida como prática erótica.Pode se utilizar de várias técnicas como tatuagem, inclusão de corpos estranhos e até mesmo criação de cicatrizes através de cortes (escarificação) ou queimaduras.

Branding é uma modificação corporal realizada através de um ferro quente encostado na pele, produzindo desenhos permanentes.
Historicamente, esta prática é considerada como símbolo de escravidão ou criminalidade, pois marcava-se os indivíduos com tal status na Idade Média. É utilizado, dentro do contexto BDSM, em relações duradouras para significar propriedade do parceiro
A técnica assemelha-se àquela utilizada para marcar o gado. O tatuador aquece o ferro com o desenho, geralmente com um maçarico e logo após o metal ficar em brasa é encostado na pele. A prática é extremamente dolorosa, traumática e arriscada pela dificuldade da cicatrização causada pela queimadura.3 Os locais mais comuns utilizados pelos praticantes são seios, nádegas, parte interna do braço e coxa e região lombar. O marcador utilizado apresenta em sua ponta um desenho moldado de ferro de linhas curvilíneas sem conexão, com o intuito do desenho, ao cicatrizar, mantenha seu design.

Escarificação é uma técnica de modificação do corpo que consiste em produzir cicatrizes no corpo através de instrumentos cortantes. Diversas culturas utilizam está técnica.

A tatuagem ou dermopigmentação é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas e cultuadas do mundo. Trata-se de um desenho permanente feito na pele humana que, tecnicamente, é uma aplicação subcutânea obtida através da introdução de pigmentos por agulhas, um procedimento que durante muitos séculos foi completamente irreversível (embora dependendo do caso, mesmo as técnicas de remoção atuais possam deixar cicatrizes e variações de cor sobre a pele). A motivação para os cultuadores dessa arte é ser uma obra de arte viva, e temporal tanto quanto a vida.
Wikipedia

terça-feira, 19 de março de 2013

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Escrava construída

Sou fruto da tua construção...


Fui feita silenciosamente, dia a dia, com a precisão
da tua Engenharia...
Minha mente e minha lógica, previamente estudadas,
transformaram-se em cálculos e fórmulas de um projeto
a que chamastes de "escrava em construção".
Deletaste a palavra "renúncia" da minha mente. No
lugar dela colocastes "unidade", porque querias uma
escrava/parceira que nunca perdesse a individualidade.


E nesse momento a primeira regra era escrita:
"Te proíbo de te anulares, te quero pensante."
Depois era a vez da palavra "adoração" ser
deletada e substituída por "admiração"
E nesse momento aprendi que assim como as
escravas, os Doms também têm limites,
fraquezas e erros.

E escrevestes a segunda regra:
"Não me endeuse, admire-me e respeite-me
como homem, falível e com limitações"
A próxima palavra a ser deletada era
"obediência cega".

E passastes a escrever a terceira regra:
"Questione sempre e tudo".
Que sentido tem o castigo, se quem o recebe
não conhece as razões?
Era chegada a vez da palavra rebeldia. E a ela
destes grande destaque.
E contruístes a escrava que se rebela
quando não recebe atenção.
E assim aprendi que falta de atenção e carinho
não são castigos, mas demonstrações
de insegurança e de imaturidade.

E veio então o arremate final. Com a palavra
liberdade, quase a ofuscar todas as outras,
terminavas a minha construção.

E pela primeira vez, questionei e rebelei-me,
como fui programada por ti a reagir.
E com a maestria do Criador... me mostraste então
a personalidade final da tua criatura.
Livre, independente, rebelde, imponente e
guerreira. Incapaz de curvar-se a quem
quer que seja.

Diante dessa visão, senti raiva e indignação
pelo resultado da tua construção... e quando tentei
reagir... deparei-me com o seu olhar firme e sereno
a me perguntar "Tem algo para me dizer?
... E de olhos baixos e alma curvada respondi...
"Não, Senhor..."
E com um sorriso vitorioso...assinastes e
destes nome a escrava construída e regida
pelos teus (e hoje nossos) princípios e desejos...

( O texto Escrava Construída foi escrito por Victoria e postado, originalmente, na lista BDSM_SP em 12 de dezembro de 2003)



quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Descendo e Subindo o Abismo

Dominação Psicológica: Descendo e Subindo o Abismo

Por Monstrinho
Texto de autoria da VacaProfana

A Dominação em si acontece quando alguém oferta seu corpo ou sua alma (mente) a vontade de outrem, em detrimento do seu próprio desejo. Nos meus primeiros passos neste vasto universo, aprendi que só se está realmente entregue quando há um vazio, uma sensação de que não há vontade. Naquele momento não lhe ocorre pedir, direcionar ou mesmo desejar que algo aconteça. É pura sensação, é pura reação. Os sons parecem distantes, as perguntas lhe parecem completamente confusas e o pensamento incoerente.

As reais percepções dos caminhos tomados aparecem depois, e até mesmo as reais sensações, é quando as marcas lhe orgulham pois trazem a carga do sucesso de ter conseguido, ter ido além, não por e através de você mas sim pela condução Dele. Neste momento, nesse momento, você é o ser mais vulnerável, você abriu mão de todas as suas defesas. Aquelas que durante a vida, nos percalços, nos “nãos” recebidos e na percepção de julgamentos alheios, você constrói. Aqui soltamos as lágrimas contidas, as palavras nunca ditas, as manifestações reais do seu ser. Ali você é você, impura, imprudente, despudorada e as vezes até agressiva.

E tem alguém ali ao seu lado puxando mais e mais, querendo ver o seu “pior”, tirando você do seu mundo tão bem construído, erguido sob sólidas condições de sobrevivência, pacífico. Alguém que te mostra o outro lado do universo, que te apresenta ao seu atrativo “circo de horrores”. Ali estão as mais diversas figuras, formas, sombras, luzes, cores, sons e odores. O assustador “parque de diversões” com todos os variado perigos atrativos. E Ele te oferece um passaporte vitalício. Mas há condições implícitas nesse tentador convite: você tem que participar de toda a festa, entrar em cada brinquedo e experimentar cada doce. Conflito entre desejo e medo.
Mas a mão que te segura, assegura: estarei ao seu lado todo o tempo, basta segurar forte na minha mão.

Então no alto da montanha russa você percebe que não devia estar li e se vê “morrendo”, “esborrachando no chão” e percebe que Ele sorri. Você o odeia, você vê o monstro. Grita com Ele mas Ele não ouve. Depois da descida o carro para. Você não tem pernas, sua voz não sai, o coração está saindo pela boca, sente frio, ânsias de vomito, frêmitos.
      Ele está ali e te toma pela mão, te abraça, te aquece, fala por ti e para ti. Diz que sua cor está voltando, o quanto está linda e perfeita. O quanto é corajosa. Você começa a sorrir novamente. Pergunta pela próxima viagem. A condução que não lhe permite voltar atrás. O momento que o não vem a mente e a boca diz sim . A certeza de que apesar de tudo você vai voltar.
(VacaProfana)
http://www.ifetiche.com.br/v1/index.php/glossario-perverso/154-dominacao-psicologica-descendo-e-subindo-o-abismo

Vida